Como fazer pão caseiro

(Por Sonia Ferreira, em 05/07/2009.)

A HISTÓRIA DO PÃO

Esse alimento tão saboroso, que chega aos lares da grande maioria dos brasileiros todos os dias, ou quase todos os dias, tem uma história. Seja do tipo “francês”, “forma”, “doce”, etc. Tem um aroma que inebria o nosso olfato, fazendo-nos comer antes mesmo de sentirmos o paladar.

Diz a história, segundo o site www.brasilescola.com, que ele possilvemente tenha surgido a mais de 12 mil anos, evidentemente não era o mesmo pãozinho que conhecemos, pois o fermento que foi descoberto bem mais tarde é que dá a textura macia. Há a hipótese de que “primeiro pão assado em forno de barro foi há 7.000 a.C, no Egito”. Na época de Jesus, quando sentou-se à ceia com os apóstolos, conta a Bíblia, que dividiu o pão e o vinho entre eles. Assim como toda a história, seja em todas as áreas (artes, história, literatura, matemática, etc), as experiências com o pão foram evoluindo, e a partir do Século XII, a “França começou a melhorar e no século XVII o país se detacou como centro mundial de fabricação de pães”, daí o nome: pão francês.

Em cada região, ou país, há um tipo de pão que retrata aquele povo, como o “pão italiano”, de tamanho avantajado, geralmente, retira-se o miolo com um corte por cima, para depositar sopas de abóbora com carne seca, caldos, etc., servido individualmente. A marca alemão, é o brot” feito com trigo integral, sementes e inhame, ele simboliza prosperidade, o pão sírio, comumente consumidos em países como o Marrocos, Índia, Síria, dentre outros países da Ásia. E no interior do Brasil, com o costume de criar receitas, utilizar dos seus próprios produtos para a feitura do pão, tem-se o “pão caseiro”, feito de várias maneiras, com ingredientes variados, aqueles que estão mais à mão, ou produzidos em cada propriedade. Nesse sentido, como “brasileiríssima” que sou, estarei passando receitas herdadas da minha mãe, que a gente não esquece nunca mais.

A primeira – o pão caseiro. Simples de ser preparado, muito gostoso, e o ingrediente principal para que cresça e fique muito gostoso, é o amor.

O PÃO

Ingredientes:

* 1 quilo de trigo, sem fermento
* meio copo de azeite (se não quiser azeite pode colocar óleo, mas fica muito saboroso com azeite)
* 4 tabletes de fermento fleshman (rótulo azul)
* uma pitada de sal
* ½ xícara de açúcar refinado
* 1 ovo
* 1 xícara de leite

Modo de fazer:

- coloque o trigo em uma tigela.
- acrescente o ovo, o azeite, o açúcar, a pitada de sal, misture e reserve.
- Coloque duas colheres de sopa de açúcar em uma xícara, e acrescente os tabletes de fermento, misturando até que forme um creme, ou fique bem líquido (efeito químico), enquanto isso, esquente o copo de leite, de forma que possa colocar o dedo e aguentar a quentura (não pode ser muito quente, tem que ser morno).
- Misture o fermento e o leite morno à outra mistura, amasse bem até ficar uma bola homogênea. Se estiver muito mole, pode ir acrescentando um pouquinho de trigo.
- Unte uma forma com óleo e trigo, e reserve.
- Corte a massa em quatro partes, abra com um rolo de macarrão, e enrole em tamanhos iguais, os quatro pedaços), separando um pedacinho da massa para colocar dentro de um copo com água para ver o efeito do fermento (aguardar até subir a massinha para poder assar).
- Distribua os pães na forma, forre com um pano de prato, para não entrar muito ar e aguarde o pão crescer. Vá observando de vez em quando, até dobrar de tamanho, não deixe subir muito mais que isso, senão começa a descer e perde a textura. Se tiver sol, pode colocar a forma para tomar sol, sempre forrada para não bater vento (pode forrar com filme plástico), senão ele não cresce. Assim que estivem crescido, ligue o forno (médio), e aguarde até ficarem pouco dourados.
- Se quiser acrescentar um dourado diferente, pode misturar manteifa e açúcar, e passar por cima dos pães ainda quentes (assim que sair do forno), ou fazer uma calda rala de açúcar e jogar por cima dos pães ainda quentes, fica muito bom.
- Rende 6 pães, tamanho médio, servindo aproximadamente 6 pessoas.

A propósito, os pães que aparecem na foto no início da receita foram feitos nesta tarde chuvosa de domingo. Bom Apetite, e até a próxima.

Leave a comment

7 Comments.

  1. Thank you – I liked this post. Anyway the time will pass and we will see if you are right or not. Have a nice day and regards from New Zeland!
    Chris
    My site about alarm clocks

  2. It’s very good article.

  3. Trendy internet site!! Excellent articles. Thank you.

  4. It can be rare to find informed people on this particular subject matter, however, you sound like you really know what you’re writing about! Thanks a lot

  5. I realize and respect your clear-cut points. I am impressed with your writing style and how nicely you express your thoughts.

Leave a Reply


[ Ctrl + Enter ]

Trackbacks and Pingbacks: