Torta da família

Como genuína Capixaba, trago como tradição, passada de mãe para filha, a feitura da Torta de bacalhau sempre na Semana Santa. E o que me traz a lembrança da infância é o momento de trabalho, junto com minhas filhas, que me ajudaram a fazê-la. Foi um momento divertido, em que ralaram o repolho, picaram a azeitona e o palmito (com aquelas “roubadinhas” para degustação).

Essa torta, é uma adaptação da torta capixaba, com ingredientes preferidos por nossa família. A torta capixaba não leva repolho, tem como um dos ingredientes principais o palmito (em grande quantidade) e mariscos. O sabor do bacalhau acaba por monopolizar, mas os ingredientes diferenciados é que dão o sabor, conforme o gosto de cada um. Muitas pessoas, trocam o bacalhau por sardinha, que dá um sabor diferenciado. Enfim, essa é uma receita de família, que não tem gosto somente de torta,mas de “compartilhamento, aprendizagem e convivência”.

Com os ingredientes devidamente cortados, fiquei com a parte do “toque especial do chef (nesse caso, eu)”, misturando, temperando e colocando para assar. A etapa seguinte, de degustação é outra história…

Eis aqui a receita, feita a seis mãos (Sonia, Maria Clara e Catharina)

Torta de “Capixaba’s

SDC11685

Como fazer: o primeiro passo é adquirir os ingredientes.

- 1,5 kg de bacalhau

- 1 vidro de palmito

- ¹/² kg de batata inglesa

- 4 repolhos (tam médio)

- 4 cebolas

- 2 vidros de azeitona (médio)

- Temperos verdes: coentro, cebolinha, salsa

- Colorau

- Pimenta do reino (se preferir)

- Azeite

- Ovos (8 de tam grande)

O bacalhau deve ser colocado de molho no dia anterior, com água gelada, trocando de vez em quando, para retirar o excesso de sal.

No dia seguinte, ferva o bacallhau. Depois de uns 20 minutos, desligue o fogo e deixe esfriar. Enquanto isso, rale o repolho, ou corte-o em pedados bem pequenos, e refogue-o, com 1 dente de alho e colorau (lembrando que não se coloca sal, ele vai no tempero final, com todos os ingredientes juntos).

Enquanto o repolho estiver no fogo, pique a cebola, os temperos verdes, a azeitona, reservando um pouco para enfeitar a torta,ee o palmito.

Limpe o bacalhau, desfie e coloque em uma panela espaçosa. Acrescente o repolho, os temperos, a cebola, a azeitona, o palmito e fios de azeite. Misture bem, e experimente a quantidade de sal. Se achar que está bom, não precisa acrescentar. Cozinhe a batata, amasse misturando à massa.

Bata 8 claras em neve, com duas pitadas de sal, acrescentando as gemas.

Unte uma forma com azeite, e forre-a com a massa, deixando uns dois dedos da borda. Derrame o ovo batido sobre a massa, uniformente. Enfeite com azeitona e rodelas de cebola.

SDC11688

Leve ao forno pré-aquecido, e assim que o ovo estiver dourado, espere esfriar e deguste com gotas de limão e arroz.

Uma tacinha de vinho seria um bom acompanhamento.

SDC11692

O olfato é tão bom quanto o paladar. Uma delícia, feita com amor.

(Sonia)

Leave a comment

1 Comments.

  1. Meninas, não vejo a hora de chegar em casa para experimentar a torta. Pressinto que vou ter que sair um pouquinho da dieta… Sem problemas. Vou incluir uns quilômetros a mais na caminhada do fim de semana de Páscoa. Ihhh… O difícil será resistir aos chocolates!!!!

Leave a Reply


[ Ctrl + Enter ]