JARDIM CAMBURI VA’A – CANOA HAVAIANA – PRESERVANDO A NATUREZA

Mais do que aulas de remo. São encontros de amigos que apreciam a natureza e aproveitam para manter o corpo e a mente em exercício.

Nossos treinos são sempre estímulos para que preservemos a natureza, com muito respeito ao mar e seus habitantes.

Percebemos que muitas pessoas não estão tão preocupadas assim, haja vista o resgate de “Aloha” (assim denominada), uma tartaruga que foi resgatada no dia 05 de julho pela equipe de remadores do JC VA’A. Esse momento foi registrado por nossa colega de equipe, Giana Tonini, que junto a equipe, chamaram o resgate para tratamento de Aloha. Todo esse momento, desde o resgate e o acolhimento foi registrado e televisionado por jornais locais e jornal nacional. Que bom que Aloha está bem, se recuperando para voltar ao mar.

http://www.folhavitoria.com.br/videos/2017/07/14992783231028154582.html

VID-20170705-WA0015

Richard Hoey  - Foto de Giana Tonini

Richard Hoey - Foto de Giana Tonini

Rodrigo Pompermayer com Aloha. Foto de Giana Tonini

Rodrigo Pompermayer com Aloha. Foto de Giana Tonini

VID-20170705-WA0031

ALOHA

ALOHA

Aloha sob cuidados.

Aloha sob cuidados.

Muitas vezes percebemos  lixo jogado na areia da praia, incluindo as sacolas plásticas que acabam sendo levadas para o mar e ficam submersos, atraindo a curiosidade dos animais que acham ser algum alimento. Acredito que ao ingerirem as sacolas, por exemplo, entopem o esôfago e ficam sem ar, morrendo asfixiados. Vemos muitas tartarugas boiando em alto mar, cascos dessecados em praias sem acesso a pedestres que encontramos em nossas paradas de descanso para voltarmos ao mar. Geralmente, esses restos de animais e lixos são levados pela maré.  Acho que a conscientização deve ser de cada um de nós, desde levar sacolas para colocar o lixo produzido na praia para o depósito correto, que será levado para um  local apropriado de reciclagem. A  pesca predatória também é um problema, principalmente com redes, pois além de peixes, as vezes, presas nestas vem tartarugas, golfinhos, dentre outros animais.

Nosso desejo é podermos contemplar a beleza das nossas praias, usufruir do que o mar pode nos oferecer, com consciência.  Esperamos não encontrar esses animais mortos, mas nadando em volta da canoa, tirarmos fotos dos golfinhos pulando em alto-mar, e respirar o ar puro com cheirinho de maresia.

Parabéns a equipe do dia 05 de julho, que tomaram as devidas providências em prol da natureza: Giana Tonini, Amarildo, Rodrigo Pompermayer, Richard Hoey, dentre outros.

(por Sonia Ferreira)

Leave a comment

2 Comments.

  1. A JC VA’A além de sermos uma equipe de remadores, temos um espírito de cooperação e de família! Estamos sempre juntos e unidos para ajudar! Parabéns pelo texto Sonia Ferreira!

  2. Oi Bianca, achei muito bacana o resgate de Aloha, pena não estar no dia para participar.

Leave a Reply


[ Ctrl + Enter ]