Educação a distância – uma nova forma de estudar.

A quem diga que o diploma do ensino a distância não vale muito, bom mesmo é aquele conseguido com lutas, pegando ônibus, enfrentando o trânsito, e tendo gastos horrendos com xerox e livros. Pois saibam, assim como existe ensino de qualidade no formato presencial, também há os de qualidade no Ensino a distância.

Atuando como tutora presencial do Curso de Artes Visuais da UFES, pude perceber o quanto os alunos se mataram de estudar para conseguir se formar, e com qualidade. Existem as dificuldades de deslocamento, as vezes mais díficeis de quem mora nos centro urbanos. Alguns alunos saem do campo para se deslocarem até o polo para os encontros presenciais precisam enfrentar ônibus, estradas de chão, andar a cavalo, dentre outras, e as tarefas a serem realizadas devem ser seguidas à risca, senão perdem o prazo, e lá se vai mais um tempo para os repercuros ou reofertas, como chamamos de “recuperação” ou refazer a disciplina.

Os desafios são muitos, desde o comprometimento e disciplina para que consiga chegar ao final. Alguns desistem no meio da caminhada, mas muitos enfrentaram o desafio do novo e estão formados, outros se formando. Com isso, acredito na Educação a distância, que com um ajuste aqui outro ali, vem conquistando o mercado e um público diferenciado, que tem desejo em aprender.

Assim como o aluno, o professorado também se empenha para que essa qualidade suba ou se mantenha, mas é preciso olhar com carinho para esses profissionais, que se bem remunerados, trabalharão com maior afinco ainda, proporcionando um ganho a todos, em prol da educação.

Fica aqui a dica.

(Por Sonia Ferreira)

Leave a comment

1 Comments.

  1. otima materia, valeu sonia

Leave a Reply


[ Ctrl + Enter ]