# Vai uma dica ai : Oswaldo Cruz

Oswaldo cruz

Mais conhecido como Oswaldo Gonçalves  Cruz ( São Luiz do Paraitinga, 5 de agosto de 1873 – Petrópolis -11 fevereiro 1917). Foi um grande cientista, médico bacteoriologista, epidemologista e sanitarista, que marcou a história brasileira.


Um dos primeiros a estudar as moléstias Tropicais e de medicina experimental no Brasil.


Dirigiu a campanha contra febre amarela, estudou condições sanitárias do vale do rio amazonas da região estado de ferro madeira-Mamoré.

Fundou o instituto soroterápico nacional no bairro de Manguinhos, no Rio de Raneiro, que posteriormente se transformou no instituto Oswaldo Cruz, respeitado em vários países.

Histórico:

Nasceu no interior de São Paulo, fez faculdade de medicina na cidade dos pais,  Rio de Janeiro de 1887 a 1892. Já em 1896 foi estagiar fora do país, em Paris no Instituto Pasteur ( sendo discípulo de Emili Roux).  Em 1899 já estava de volta ao Brasil e organizou em sua cidade natal combate ao surto de peste bubônica em Santos, e outras cidades portuárias ao lado, mostrando para o governo que não havia medicação aquedada (soro) para ajudar a população, e a partir disso, propôs a criação de um instituto para fabricar o soro.


Com essa proposta de ignição para criação do instituto soroterapico federal, passou a dirigí-lo  a partir de 1902.


Em 1904, assumiu a direção geral da saúde pública e iniciou trabalhos para exterminar mosquitos ( “ Batalhões mata – mosquito”) e ratos transmissores de doenças. F icou conhecido por coordenar campanhas de  erradição da febre amarela e da varíola no RJ.


Em 1904,  fez outro feito muito importante, convenceu o presidente  Rodrigues Alves a decretar a vacina obrigatória, o que gerou um reboliço no povo, rebelião de populares e da escola militar. O povo considerava isso uma invasão a suas casas e a tomada de uma vacina forçada. Essa rebelião foi conhecida e  marcada como  Revolta da Vacina.


Dados em foco:

Na época era considerada uma das cidades mais sujas do mundo, porque boletins sanitários  relatam que a saúde pública em um mês visitou 14.772 prédios, havia tais descrições:

  • limpas -  2.091 calhas e telhados

  • 2.328 focos de larvas

  • 17.744 ralos

  • 28200 tinas

  • lavou 11550 caixas automáticas e registros

  • 3.370 caixa d’águas sujas

  • 173 sarjetas sujas

  • retirou

  • 6.559 baldes de lixo dos quintais de casas e terrenos

  • 36 carroças de lixo

  • Gastando 1.901 litro de petróleo.

Apesar de todos esses feito, ainda assim, ele foi apontado como inimigo do povo. Desse modo, podemos ver a hipocrisia humana, que o bombardeou em revistas, jornais, rádios e até em modinhas de carnaval. Esse ódio não chegou somente na expressão pela palavra, mas também houve outro fato a Revolta dos quebra- lampiões , em que a própria população saiu quebrando a cidade, por  ignorância.

Em 1909 foi homenageado por Carlos chagas, descobridor do protozoário  tripanossomade americana (causador da “doença de chagas”), batizando-o de “Trypanosomo cruzi” em homenagem Oswaldo cruz.

( fontes: texto e  imagem de Oswaldo Cruz: Disponível em:  http://sirinapxo.blogspot.com/)

(Por: Catharina)

Leave a comment

0 Comments.

Leave a Reply


[ Ctrl + Enter ]