8km (824/1000)

Neste domingo forcei um pouco mais a intesidade do rítimo da caminhada.  além de acelerar, fiz o trecho de subida e descida da entrada da Vale do Rio doce três vezes.

IMG00919-20110130-camburi1IMG00922-20110130-Camburi2IMG00923-20110130-Camburi3

Amanhã vou até dar uma descansada na musculatura.

6km (816/2011)

Pela manhã caminhei sozinho pelo bairro e à tarde com Soninha no calçadão da praia de Camburi.

IMG00910-20110129-praia_camburi

4km (810/1000)

Com o sol das 12h “castigando” fiz a caminhada na praia de Camburi.   Descobri que um trecho no “fim” da praia, subindo para a Vale do Rio doce que tem grande parte sombreada pelas árvores e por um bambuzal.  Um oasis!

IMG00900-20110128-Subida_Vale

1,5km (806/1000)

Hoje fiz uma caminhada leve pelas ruas do bairro.  Fui ao banco, à farmácia e à padaria.

Pelo caminho uma Borboleta.

IMG00826-20110126-borboleta

E uma flor exótica.

IMG00827-20110126-flor_exotica

4km (804,5/1000)

Caminhada pelo calçadão da praia de Camburi.  O céu estava escuro e ameaçando chover.  Mal comecei a caminhada e começou uma chuvinha.  Dei meia volta e ela retrocedeu.

Caminhada_em_camburi_25012011_aCaminhada_em_camburi_25012011_b

Resolvi dar uma subida até a entrada da Vale do Rio Doce antes de retornar.

Meio Dia para Pensar (24/01/2011)

Se tudo precisa estar bem ao nosso redor para termos um pouco de alegria, então somos escravos das circunstâncias.  Uma pessoa tem mais auto-estima quando aprende a tirar o máximo de conforto de dentro dos sapatos que calça.  Ela é mais feliz quando extrai muito do pouco.
Se você aprendeu a extrair muito do pouco, está preparado para ter muito.  Se não aprendeu essa lição, seu muito será sempre pouco.  Você será sempre vítima da ciranda da insastifação.

(Augusto Cury)