Dia das crianças: remada das crianças na Praia de Camburi – Vitória/ES-2017

Dia 12 de outubro de 2017 foi muito especial para o pessoal da escola de remo JCVA’A. Os participantes da escola resolveram fazer um encontro na praia logo cedo,com um belo café da manhã compartilhado e passeio de Canoa Havaiana com as crianças, tanto das famílias como com crianças que estavam frequentando a praia. Foi muito especial poder proporcionar às crianças um dia divertido.

Nas fotos abaixo podemos ver a alegria das crianças, adolescentes e adultos, que curtiram a beça.

Dia das crianças

Dia das crianças

12-1017)

12-10(10) 12-1051

com wagner neto 71210105

(Post by Sonia Ferreira)

PASSEIO ECOLÓGICO ALPHAVILLE JACUÍ – CANOA HAVAIANA JC VA’A

Participamos do passeio ecológico Alphaville Jacuí, saindo da nossa base que fica localizada no final da Praia de Camburi, atrás do módulo de Educação Física da Prefeitura de Vitória, rumo ao município da Serra, via Manguezal, contemplando a baía de Vitória.

Começamos o nosso passeio as 6:00h e seguimos para a largada ao lado do Iate Clube, na Praia do Canto. O dia estava chuvoso, com vento e muita nebulosidade, e prometia continuar assim, mas, em alguns momentos, a chuva deu uma trégua e pudemos desfrutar do sol. Na volta, a chuva e o vento voltaram, mas com garra e determinação remamos e nos superamos.

Ano que vem terá mais uma etapa e, se Deus quiser, estaremos nesse evento novamente. Agradecimentos especiais ao Capitão Amarildo Louback que nos conduziu na canoa para esse passeio, em pleno domingo. Foi muito divertido, além de podermos contemplar a natureza ao redor da nossa Cidade de Vitória.

Abaixo as imagens que representam o início, meio e fim de nosso passeio.

(Post e fotos by Sonia Ferreira)

20170702_02 20170702_0620170702_0720170702_03

20170702_0820170702_1020170702_1120170702_12

20170702_1320170702_1420170702_1520170702_17

20170702_2020170702_2120170702_2520170702_26

20170702_3320170702_3620170702_4220170702_43

20170702_4420170702_4520170702_- foto de Sonia Ferreira20170702-foto de Sonia Ferreira

20170702_5520170702-foto de Sonia Ferreira20170702-foto de Sonia Ferreira20170702

20170702-foto Sonia Ferreira20170702- Caixa dágua da ufes20170702_7020170702_74

20170702_7620170702_8020170702_8320170702-canal dos escravos-Serra

20170702_8920170702_10370120170702_Eu e minha amiga Bianca20170702_112159

20170702_11221520170702_11222820170702_11223820170702_112349

20170702_11283820170702-Equipe JC VA'A20170702_13355120170702_140047

Remaria da Penha 2017 – Jardim Camburi VA’A – Apreciando a paisagem

Esse foi o primeiro passeio longo que fiz em companhia da minha equipe de remo do JC VA’A, a Remaria da Penha/2017. Foi um circuito que faz parte das comemorações da Festa da Penha, padroeira do Estado do Espírito Santo. Aproveitei para Clicar as paisagens da Cidade de Vitória e Vila Velha, e a ter uma experiência maravilhosa que permitiu ver a Cidade de Vitória e Velha em um ângulo que eu não havia tido ainda a oportunidade de ver.

Atravessamos a baía de Jardim Camburi remando de Canoa Havaiana até a Praia do Ribeiro, em Vila Velha, para encontrar com outras embarcações, logo cedo. Chegamos na praia as 7:00h da manhã, tomamos nosso cafezinho com bolos e biscoitos compartilhados e os famosos brigadeiros feitos pela irmã da nossa amiga Bianca Caroselli. Pegamos o kit com camiseta e pulseira, depois, seguimos entre canoas, stand ups, dentre outras embarcações para a prainha de Vila Velha para a benção do Frei responsável pelo Convento da Penha, passando por debaixo da terceira ponte. Ao todo, entre ida e retorno a Jardim Camburi, um bairro de Vitória, remamos uns 18 quilômetros. Trabalho em equipe nas remadas, diversão, comilança (de sanduíches, cafés e brigadeiros), e ainda contemplados com 5 brindes dentre nossos companheiros de equipe.

Nosso Capitão Amarildo com muita destreza nos guiou nesse dia de contemplação à natureza, a amizade e a fé.

Juntando o grupo para iniciar nosso passeio.

Juntando o grupo para iniciar nosso passeio.

Reunindo os homens.

Reunindo os homens.

Reunindo as mulheres.

Reunindo as mulheres.

Só as mulheres.

Só as mulheres.

Dia lindo de se ver. A melhor equipe.

Dia lindo de se ver. A melhor equipe.

Registros: o caique amarelo.

Registros: o caiaque amarelo.

Remando em Alto Mar

Remando em Alto Mar

Bianca, nossa voga. Vaiii canoooa.

Bianca registrando momentos. Vaiii canoooa.

Eu e minha amiga Bianca. Aventureiras.

Eu e minha amiga Bianca. Somos aventureiras.

Eu e meu esposo Wagner, encarando a aventura juntos.

Eu e meu esposo Wagner, encarando a aventura juntos.

Giana com pose de modelo.

Giana com pose de modelo.

A vista da Terceira Ponte. Dia de Festa

A vista da Terceira Ponte. Dia de Festa

Remando devagar.

Remando devagar.

Standups. Linda imagem

Stand Ups

Aguardando a largada

Aguardando a largada

IMG-20170423-REMARIA DA PENHA (3)

A chegada, ao final do passeio.

A chegada, ao final do passeio.

Pose final.

Pose final.

(Por Sonia Ferreira)

JARDIM CAMBURI VA’A – CANOA HAVAIANA – PRESERVANDO A NATUREZA

Mais do que aulas de remo. São encontros de amigos que apreciam a natureza e aproveitam para manter o corpo e a mente em exercício.

Nossos treinos são sempre estímulos para que preservemos a natureza, com muito respeito ao mar e seus habitantes.

Percebemos que muitas pessoas não estão tão preocupadas assim, haja vista o resgate de “Aloha” (assim denominada), uma tartaruga que foi resgatada no dia 05 de julho pela equipe de remadores do JC VA’A. Esse momento foi registrado por nossa colega de equipe, Giana Tonini, que junto a equipe, chamaram o resgate para tratamento de Aloha. Todo esse momento, desde o resgate e o acolhimento foi registrado e televisionado por jornais locais e jornal nacional. Que bom que Aloha está bem, se recuperando para voltar ao mar.

http://www.folhavitoria.com.br/videos/2017/07/14992783231028154582.html

VID-20170705-WA0015

Richard Hoey  - Foto de Giana Tonini

Richard Hoey - Foto de Giana Tonini

Rodrigo Pompermayer com Aloha. Foto de Giana Tonini

Rodrigo Pompermayer com Aloha. Foto de Giana Tonini

VID-20170705-WA0031

ALOHA

ALOHA

Aloha sob cuidados.

Aloha sob cuidados.

Muitas vezes percebemos  lixo jogado na areia da praia, incluindo as sacolas plásticas que acabam sendo levadas para o mar e ficam submersos, atraindo a curiosidade dos animais que acham ser algum alimento. Acredito que ao ingerirem as sacolas, por exemplo, entopem o esôfago e ficam sem ar, morrendo asfixiados. Vemos muitas tartarugas boiando em alto mar, cascos dessecados em praias sem acesso a pedestres que encontramos em nossas paradas de descanso para voltarmos ao mar. Geralmente, esses restos de animais e lixos são levados pela maré.  Acho que a conscientização deve ser de cada um de nós, desde levar sacolas para colocar o lixo produzido na praia para o depósito correto, que será levado para um  local apropriado de reciclagem. A  pesca predatória também é um problema, principalmente com redes, pois além de peixes, as vezes, presas nestas vem tartarugas, golfinhos, dentre outros animais.

Nosso desejo é podermos contemplar a beleza das nossas praias, usufruir do que o mar pode nos oferecer, com consciência.  Esperamos não encontrar esses animais mortos, mas nadando em volta da canoa, tirarmos fotos dos golfinhos pulando em alto-mar, e respirar o ar puro com cheirinho de maresia.

Parabéns a equipe do dia 05 de julho, que tomaram as devidas providências em prol da natureza: Giana Tonini, Amarildo, Rodrigo Pompermayer, Richard Hoey, dentre outros.

(por Sonia Ferreira)

BAUERMALEREI – PINTURA CAMPONESA

Até bem pouco tempo não conhecia a pintura Bauermalerei. Viajei para o Rio Grande do Sul, Gramado e Canela, e sei que lá tem algumas pinturas nesse estilo, mas não nos atentamos para um objeto se não estamos focados nele. Assim, no decorrer de um curso de formação de professores que estava aplicando junto com outros profissisonais da educação, em Domingos Martins, tive o privilégio de saber um pouco da história dessa pintura e entender o quanto ainda temos que aprender e compartilhar com o outro.

As pinturas tem uma simetria no desenho e as cores vivas. A princípio, parece fácil, e realmente é, mas precisa de treino para fazer a “virgula”, como diz a coordenadora do Polo de Domingos Martins, Maria Aparecida Trarbach.

No curso de formação, pudemos presenciar a construção e criação de objetos com essa técnica, e os resultados realmente ficaram excelentes. Parabéns meninas, vocês arrasaram.

2012-12-08 15.56.10

pintura Bauer

pintura bauerpintura bauer

Abraço

Sonia Ferreira

Coelho?

doll-stick#2 (andarape)

Eu fiz uma ilustração de uma piada no paint, espero que gostem.