Prêmio Arte na Escola cidadã 2018

Em 2018 tive o privilégio de participar deste evento (Prêmio Arte na Escola Cidadã 2018) na categoria Educação Infantil. O prêmio que teve sua 18ª edição, teve como proposta a obra da artista Sandra Cinto. Foram 5 ganhadores nas categorias Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos. Esse “encontro das águas” e de pessoas tão especiais marcaram momentos em nossas vidas. Um encontro de professores sonhadores com momentos marcantes para além da premiação.

Na obra Encontro das Águas, a artista Sandra Cinto realiza um mural de escala monumental, usando o desenho como linguagem. A representação congela um instante de um mar revolto, formado por delicados e contidos gestos, onde cada traço torna-se gota, e onde cada gota também é mar.” (http://artenaescola.org.br/hotsites/premio2018/?p=artista)

Evento de premiação Arte na Escola - 2018
Evento de premiação Arte na Escola – 2018

Família
Família
Bianca Caroselli, eu e a secretária Adriana Sperandio
Bianca Caroselli, representando o CMEI Santa Rita, eu e a secretária Adriana Sperandio

Sonia - Educação InfantilSonia Ferreira – Educação Infantil

Rosângela Accioly - Ensino Fundamental II

Rosângela Accioly - Ensino Fundamental I

Andréa Avona

Andréa Avona - Ensino Fundamental II

IMG-20181129-WA0266

Jacson Matos - Ensino Médio

Jacson Matos - Ensino Médio

Marcos Antonio dos Santos - Educação de Jovens e Adultos

Marcos Antonio dos Santos - Educação de Jovens e Adultos

IMG-20181129-WA0133

IMG-20181129-WA0017IMG-20181128-WA0093

IMG-20181129-WA0039Mosqueteiros

IMG-20181129-WA0234

IMG-20181129-WA0249

Projetos

Sonia Maria de Oliveira Ferreira - Em busca de sonhos: para além das imagens

Educação Infantil

CMEI Santa Rita de Cássia (Vitória/ES)

Rosangela Accioly Lins Correia- África aqui, acolá. África em todo lugar!

Ensino Fundamental I

Escola Municipal do Loteamento Santa Júlia ( Lauro de Freitas/BA)

Andréa Mendes Avona – Uma viagem com Ariano Suassuna pela Cultura e Arte Nordestina

Ensino Fundamental II

Colégio Municipal Governador Mário Covas Júnior ( Santana de Parnaíba/SP)

Jacson Silva Matos – Projeto Conteúdos

Ensino Médio

E. E. Prof. Fidelino de Figueiredo ( São Paulo/SP)

Marcos Antonio dos Santos – Autorretratos: tecendo histórias e memórias

Ensino de Jovens e Adultos

Centro de Educação de Jovens e Adultos – CEJA ( Criciúma/SC)


É possível acessar os projetos ganhadores no link abaixo da página do Instituto Arte na Escola. Estes estão também em audiodescrição e em libras.

http://artenaescola.org.br/hotsites/premio2018/?p=vencedores

(Por Sonia Ferreira)






Remaria da Penha 2017 – Jardim Camburi VA’A – Apreciando a paisagem

Esse foi o primeiro passeio longo que fiz em companhia da minha equipe de remo do JC VA’A, a Remaria da Penha/2017. Foi um circuito que faz parte das comemorações da Festa da Penha, padroeira do Estado do Espírito Santo. Aproveitei para Clicar as paisagens da Cidade de Vitória e Vila Velha, e a ter uma experiência maravilhosa que permitiu ver a Cidade de Vitória e Velha em um ângulo que eu não havia tido ainda a oportunidade de ver.

Atravessamos a baía de Jardim Camburi remando de Canoa Havaiana até a Praia do Ribeiro, em Vila Velha, para encontrar com outras embarcações, logo cedo. Chegamos na praia as 7:00h da manhã, tomamos nosso cafezinho com bolos e biscoitos compartilhados e os famosos brigadeiros feitos pela irmã da nossa amiga Bianca Caroselli. Pegamos o kit com camiseta e pulseira, depois, seguimos entre canoas, stand ups, dentre outras embarcações para a prainha de Vila Velha para a benção do Frei responsável pelo Convento da Penha, passando por debaixo da terceira ponte. Ao todo, entre ida e retorno a Jardim Camburi, um bairro de Vitória, remamos uns 18 quilômetros. Trabalho em equipe nas remadas, diversão, comilança (de sanduíches, cafés e brigadeiros), e ainda contemplados com 5 brindes dentre nossos companheiros de equipe.

Nosso Capitão Amarildo com muita destreza nos guiou nesse dia de contemplação à natureza, a amizade e a fé.

Juntando o grupo para iniciar nosso passeio.

Juntando o grupo para iniciar nosso passeio.

Reunindo os homens.

Reunindo os homens.

Reunindo as mulheres.

Reunindo as mulheres.

Só as mulheres.

Só as mulheres.

Dia lindo de se ver. A melhor equipe.

Dia lindo de se ver. A melhor equipe.

Registros: o caique amarelo.

Registros: o caiaque amarelo.

Remando em Alto Mar

Remando em Alto Mar

Bianca, nossa voga. Vaiii canoooa.

Bianca registrando momentos. Vaiii canoooa.

Eu e minha amiga Bianca. Aventureiras.

Eu e minha amiga Bianca. Somos aventureiras.

Eu e meu esposo Wagner, encarando a aventura juntos.

Eu e meu esposo Wagner, encarando a aventura juntos.

Giana com pose de modelo.

Giana com pose de modelo.

A vista da Terceira Ponte. Dia de Festa

A vista da Terceira Ponte. Dia de Festa

Remando devagar.

Remando devagar.

Standups. Linda imagem

Stand Ups

Aguardando a largada

Aguardando a largada

IMG-20170423-REMARIA DA PENHA (3)

A chegada, ao final do passeio.

A chegada, ao final do passeio.

Pose final.

Pose final.

(Por Sonia Ferreira)

A terra da Lua partida

Assisti o filme  “A terra da lua partida”.  Um documentário recente (2010) de uma produtora brasileira (http://www.enigmafilmes.com.br) que apresenta o drama dos últimos nômades dos Himalaia.  A seguir o trailer com legendas em português.

Eles estão entre os primeiras povos a sofrerem diretamente com os efeitos do aquecimento global.  A sua população já foi reduzida em mais de 80% – se viram obrigados a migrarem para as cidades e viverem em situação de pobreza e humilhação.  Até onde você iria para salvar o destino do seu povo? Esta é a questão que eles já estão tendo que responder.  Quem sabe qual povo será submetido a questão semelhante daqui a algum tempo.

O filme tem uma fotografia linda como seria de se esperar. Tem uma “fotografia poética” e o achei muito triste.  Recomendo assistir, pois sua tristeza é pedagógica e nos lembra que não podemos “consumir o planeta” como se ninguém fosse sofrer com isto (ou como se isto fosse uma teoria que talvez ocorra daqui a algumas décadas).

A Engrenagem

O vídeo foi inspirado no “A história das coisas” que mencionei no post da black friday da semana passada.  Vale a pena assistir.  São 16min bem utilizados.

Black Friday – enfim acabou e eu “sobrevivi”.

Quase chegando ao fim desta sexta-feira, mais uma Black Friday que enfim está acabando.  Eu “sobrevivi” e não comprei nada.  Recebi uma enxurrada de emails com ofertas de todo o tipo que se possa imaginar.  E o planeta, será que sobreviverá a quantas Black Fridays a mais?

Para ver e refletir segue o link do vídeo A História das Coisas.

Subida ao Mirante da Torre de TV de Venda Nova do Imigrante (04.08.2012 – 15,7km)

A família toda acompanhou a Soninha até Venda nova do Imigrante – ela foi dar aula no curso de pós-graduação da FAVENI.  Aproveitei para dar uma corridinha pela manhã e escolhi o percurso da Subida da Torre de TV.

Subida_Torre_TV_VN_mapa

Mapa do percuso.

Subida_Torre_TV_VN_satelite

Vista aérea (satélite) do trajeto percorrido.

Subida_Torre_TV_VN_altimetria

Altimetria (muita subida).

VN_01_Ponto_de_partida_7h09min

Ponto de partida, ao lado do hotel.

VN_02_Paralela_a_BR_7h17min

Trecho inicial - por enquanto plano.

VN_03_ainda_perto_BR_7h22min

O sol também estava uma beleza.

VN_04_Inicio_caminho_chao_batido_7h23min

Começando a subida.

VN_05_iniciando_subida_leve_7h26min

deixando a parte urbana.

VN_06_o_cenario_mudando_7h29min

ponte sobre o primeiro riacho.

VN_07_Subidas_7h34min

Mais subida.

VN_08_Mais_subidas_7h39min

E subida.

VN_09_e_continuo_subindo_7h44min

E mais subida. Começou por aqui os meus "duelos" com os cachoros.

VN_10_agua_e_natureza_7h45min

Outro riacho. Ou talvez o mesmo só que mais acima no trajeto.

VN_11_e_vamos_subindo_7h46min

Subindo.

VN_12_amplitude_da_vista_aumentando_7h49min

Vista.

VN_13_mas_continuam_subidas_7h51min

E as subidas não terminam.

VN_14_um_trecho_mais_plano_8h01min

Depois de muito tempo inicia um pequeno trecho mais ou memos plano.

VN_15_bifurcacao_para_o_mirante_8h05min

Hora de pegar o caminho da subida da torre.

VN_16_comecando_novas_subidas_8h14min

Reservatório de agua que abastece a cidade de Venda Nova do imigrante.

VN_17_e_tome_subida_8h16min

Mais subida.

VN_18_e_para_quem_achava_que_as_subidas_tivessem_acabado_8h28min

E mais subida. Agora esta quase chegando.

VN_19_ultimo_trecho_subida_8h29min

Subida muito íngrime.

VN_20_chegando_ja_vejo_a_torre_8h31min

Último trecho de subida.

VN_21_cheguei_vista_01_8h34min

Vista da torre de TV 1.

VN_22_cheguei_vista_02_8h34min

Vista da torre de TV 2.

VN_23_cheguei_vista_03_8h34min

Vista da torre de TV 3.

VN_24_cheguei_vista_04_8h35min

Vista da torre de TV 4.

VN_25_cheguei_vista_05_8h35min

Vista da torre de TV 5.